Leitura da sentença adiada para 25 de março

Carlos Cruz, Carlos Silvino, Hugo Marçal e Gertrudes Nunes vão ter de esperar até ao final de março para conhecerem a decisão do tribunal

A leitura da sentença do processo "Casa de Elvas" foi adiada para 25 de março, revelou ao DN o advogado Ricardo Sá Fernandes. "Fomos notificados esta manhã", afirmou o advogado de Carlos Cruz.

Assim, o ex-apresentador, Carlos Silvino, Gertrudes Nunes e Hugo Marçal vão ter de esperar até ao final do próximo mês para conhecer a decisão do coletivo de juízes liderado por Ana Peres relativamente a eventuais crimes cometidos na casa de Elvas.

A repetição do julgamento sobre os factos ocorridos em Elvas, decidida pelo Tribunal da Relação de Lisboa, começou a 29 de junho de 2012 e foi marcado pelas declarações de Carlos Silvino, alegando a inocência dos arguidos, e da testemunha Ilídio Marques, que afirmou ter mentido em tribunal durante o processo Casa Pia, garantindo que nunca foi abusado pelos arguidos.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG