"Bibi" disse que mentiu no julgamento Casa Pia

Advogado de Carlos Cruz classificou sessão de hoje do julgamento dos crimes de Elvas do processo Casa Pia de "Dia D".

Carlos Silvino, conhecido por "Bibi", disse hoje no julgamento dos crimes de Elvas do processo Casa Pia, que nunca levou nenhum dos menores à referida casa de Elvas e alegou ter mentido no inquérito principal.

"Bibi" declarou ter sido sempre industriado pela Polícia Judiciária quanto aos supostos locais dos abusos sexuais e aos nomes dos arguidos notáveis que teria de indicar.

O advogado de Carlos Cruz, Ricardo Sá Fernandes, classificou a sessão como "o Dia D do processo Casa Pia". Sá Fernandes elogiou a "coragem" do jovem Ilídio Marques, testemunha chave, que declarou hoje perante o coletivo que o processo foi combinado entre todas as vítimas.

Ilídio Marques explicou ainda que tomava doses elevadas de cocaína e heroína quando o processo principal da Casa Pia foi aberto.

A sessão terminou mais cedo porque o jovem tinha de estar a horas no tratamento da metadona.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG