Santana lembra que as negociações com Portas são difíceis

Santana Lopes, em declarações à TVI 24, recuou aos tempos do governo de coligação com Paulo Portas e lembrou que o líder do CDS é um duro negociador.

Pedro Santana Lopes lembrou como foram duras as negociações para a formação do governo PSD/CDS com Paulo Portas, que deverá voltar a tentar outra vez ter mais do que aquilo a que tem direito.

Em declarações à TVI24, o ex-primeiro-ministro recorreu à sua experiência como líder de um governo de coligação com o CDS e avisou Pedro Passos Coelho que Portas é um negociador duro.

"Para começar, não é nada fácil negociar com ele ainda antes de governar. Estes dias não vão ser nada fáceis para Pedro Passos Coelho. Paulo Portas é um negociador muito, muito duro. Isso posso testemunhá-lo", frisou.

O ex-chefe de governo do PSD acrescentou ainda que dependendo do interlocutor de Portas, o líder do CDS "assume a postura de negociador até ao limite".

"Portanto, ele tenta mais que aquilo a que tem direito em termos de poder político. Não estou a dizê-lo de forma abusiva ou ilegítima. Negoceia. No governar, não tenho razões de queixa. Acho que é uma pessoa leal", concluiu

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG