PCTP faz campanha num infantário com figura negra

O cabeça de lista do PCTP/MRPP por Lisboa, Garcia Pereira, fez hoje campanha num infantário onde enumerou às crianças as "más políticas" do governo, ilustrado por uma figura vestida de preto e empoleirada numas andas.

Com a ajuda de um megafone, Garcia Pereira disse que aquela figura gigante simbolizava o "governo que está a cortar nos salários das pessoas, nos subsídios de desemprego e nos subsídios dos infantários".

Para o recreio do infantário Ribeiro dos Santos, em Lisboa, o PCTP/MRPP levou também uma estudante universitária trajada a rigor, que, segundo Garcia Pereira, "não consegue arranjar emprego, porque o governo fez com que em Portugal não haja emprego". Bem mais interessadas em brincar, as crianças receberam cumprimentos do "senhor gigante", enquanto o líder do PCTP/MRPP dava explicações. Após uma pequena discussão entre o "governo" e a "estudante desempregada", começaram os gritos de "cai, cai", com as crianças a quererem ver o "gigante" no chão. Ao "cai, cai", seguiu-se um sonoro "vai-te embora", apoiado por Garcia Pereira e pela estudante.

No Dia Mundial da Criança, o líder do PCTP/MRPP defendeu a "necessidade de governo democrático e patriótico que apoie o futuro das crianças" e considerou que "um país que despreza a educação é um pais que se condena a si próprio".

Garcia Pereira é um dos fundadores do Infantário Popular Ribeiro dos Santos, uma instituição que acolhe cerca de uma centena de crianças.

José Ribeiro dos Santos foi assassinado pela PIDE durante uma reunião de estudantes contra o regime, a 12 de março de 1972.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG