Coimbra- Carlos Encarnação (PSD-CDS-PPM) venceu com igual número de mandatos na Câmara

A coligação PSD-CDS-PPM venceu hoje as autárquicas em Coimbra, elegendo o social-democrata Carlos Encarnação para um terceiro mandato como presidente da Câmara Municipal.

A coligação "Por Coimbra" mantém os seis lugares que detinha no executivo, com um total de 11 mandatos.

Também o PS continua com quatro vereadores e a CDU confirma o lugar na vereação que tem conseguido em eleições anteriores.

Carlos Encarnação, ao intervir num bar do Parque Verde do Mondego, junto ao rio, onde se concentravam apoiantes do PSD, CDS e PPM, frisou que "esta foi uma vitória muito difícil".

"Estávamos perante um Bloco de Esquerda em crescendo e um PS que queria ganhar estas eleições em absoluto", declarou, numa alusão ao seu principal adversário, o independente Álvaro Maia Seco, que concorreu à Câmara pelos socialistas.

Encarnação, sempre muito aplaudido pelos apoiantes, em especial jovens da JSD, referiu-se ainda indirectamente ao seu antigo vice-presidente Pina Prata, que se desvinculou este ano do PSD e disputou a Câmara numa lista independente, não conseguindo ser eleito para o executivo.

"Estávamos ainda perante algumas pessoas que também queriam entrar", disse, ao que uma voz respondeu: "mas não entraram".

Encarnação conquistou a Câmara pela primeira vez em 2001, após três mandatos de governo local do socialista Manuel Machado.

Após um processo atribulado de escolha do candidato do PS, em que foram divulgados vários nomes na imprensa, foi escolhido o presidente da sociedade Metro Mondego, Álvaro Maia Seco.

A CDU, que há oito anos está representada no executivo por Jorge Gouveia Monteiro, elegeu hoje para o seu lugar o professor do ensino secundário Francisco Queirós.

O BE não conseguiu a eleição da docente universitária Catarina Martins, deputada municipal, tal como Pina Prata que também ficou fora do executivo.

Com 31 freguesias, o concelho de Coimbra tem uma população de 135314 habitantes e 127220 eleitores.

Ler mais

Exclusivos