Muitos acreditam "que é possivel manter modo de vida"

Vítor Bento considera que o primeiro passo para a reforma do Estado assenta no reconhecimento da existência de um problema, só assim é possível avançar para a formulação de medidas e alternativas ao Estado actual.

"O caminho pelo qual o Estado tem seguido nestes trinta e tal/quarenta anos não é financeiramente sustentável, mas este é o primeiro desafio que a sociedade tem, que é reconhecer esta insustentabilidade". Como afirmou hoje à margem da Conferência 'Pensar o futuro - um Estado para a sociedade', "se esta insustentabilidade não for reconhecida não vale a pena discutirmos medidas".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG