Passos Coelho: PEC 'com propósito de desencadear crise política'

O líder do PSD acusou hoje o Governo de apresentar o mais recente PEC em Bruxelas "com o único propósito de desencadear uma crise política" em Portugal.

"É uma trapalhada muito grande. O Governo antecipou a apresentação do seu PEC com o único propósito de desencadear uma crise política em Portugal. Visava apenas responsabilizar o PSD por um pedido de ajuda externa que o Governo já estava a preparar", disse.

Falando numa conferência de encerramento da iniciativa "Porto de Emprego de 2011", organizada na Faculdade de Economia do Porto, Passos Coelho disse também que Portugal tem, em matéria de finanças, "esqueletos no armário", já que o Governo "tem ocultado a informação correcta, aos mercados, aos portugueses e aos parceiros europeus".

O líder social-democrata considerou que o país "onerou demasiado as gerações futuras", mas admitiu que é possível sair da situação atual. "Temos de adotar medidas rápidas, que saiam mesmo do papel" em matéria de despesa pública. "Não podem ficar-se pelos cortes dos salários ou das transferências para as autarquias", afirmou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG