Portas "ficaria encantado" mas não tem tempo para debate

O líder do CDS-PP afirmou hoje que será "um bocado difícil" participar nos debates televisivos decretados pelo Tribunal, após a interposição de uma acção do PCTP/MRPP, mas disse que se pudesse debater com Garcia Pereira ficaria "encantado".

"A campanha está na última semana, é um problema de organização de tempo", afirmou Paulo Portas aos jornalistas, em Leira, acrescentando que será "um bocado difícil".

As televisões generalistas vão preparar até à próxima sexta-feira debates do PCTP/MRPP contra os restantes 16 partidos que também se candidatam às eleições legislativas de 5 de Junho, dando cumprimento a uma decisão do Tribunal de Oeiras.

"Sempre gostei de debates políticos, acho que nunca pus condições impossíveis, acresce que o doutor Garcia Pereira, que tem ideias diferentes das minhas até é meu advogado e eu tenho imenso gosto em debater com ele. Se eu puder debater com ele, encantado", afirmou.

Portas recusou comentar o teor específico da decisão judicial: "É a decisão do tribunal, ponto".

O líder democrata-cristão aproveitou para afirmar que "a política portuguesa tem sectarismo a mais" e que é possível "reconhecer qualidade em pessoas que pensam de maneira diferente", porque "ninguém tem a verdade toda".

"Desconfiem daqueles que só têm certezas", declarou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG