CDS diz que declarações de Ana Gomes não têm fundamento

A vice-presidente do CDS considera greves as afirmações da eurodeputada socialista Ana Gomes, que falou de Strauss-Khan para dizer que que Paulo Portas não tem idoneidade para aceitar lugar no Governo.

Em declarações ao "Diário Económico", Assunção Cristas disse que as afirmações de Ana Gomes "nem merecem resposta". Sem as ter ouvido ou lido, mas sabendo do seu teor, a vice-presidente do CDS, considera-as "graves". "Só dizem mal da política nacional", afirmou.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG