Anel de Kate à venda em Portugal por 64,95 euros

A cópia do anel de noivado que pertenceu à princesa Diana está a ser comercializado por uma empresa de vendas por catálogo.

As mulheres portuguesas também já podem ter um anel de noivado de princesa. Uma reprodução do anel de Kate Middleton está a ser comercializada em Portugal por uma empresa de vendas por catálogo, a Viver Melhor Directamente, que, ao que o DN apurou, foi criada há pouco mais de um mês. Os anúncios ao The Princess Ring (Anel da Princesa) começaram a surgir em vários órgãos de comunicação social no início desta semana.

A réplica do anel que pertenceu a Diana de Gales custa 64,95 cêntimos (mais portes de envio), e é composto não pela original safira, mas por uma pedra sintética e catorze cristais Swarovski. O anel, de prata polida à mão, é entregue à destinatária num estojo de veludo e contém também um certificado de autenticidade e de origem.

A publicidade ao The Princess Ring tem invadido as páginas da imprensa na última semana. Jornais e revistas têm tido páginas a cheio com anúncios da venda do anel. O DN apurou que a empresa que comercializa a reprodução se localiza em Lisboa e foi criada há cerca de um mês.

O anel com o qual William pediu a namorada de longa data em casamento, durante umas férias no Quénia, pertenceu à sua mãe, Diana de Gales. A jóia, um solitário com uma safira oval de 18 quilates rodeada por 14 diamantes, foi comprada pelo príncipe Carlos, o pai de William, para oferecer a Diana. Na altura, em 1981, o solitário custou cerca de 28 mil libras (cerca de 32 600 euros). Trinta anos depois, a era da globalização e as novas tecnologias permitem que qualquer plebeia possa ter o seu momento Kate Middleton, ostentando no dedo um anel mais ou menos igual ao da futura rainha de Inglaterra. Existem no mercado centenas de réplicas. No site de compras online Amazon encontram-se 58 réplicas do anel. Os preços vão desde os 12 euros até aos 7100 euros.

A China foi o primeiro país a disponibilizar imitações da jóia de Kate. Um modelo em acrílico e metal custa a quase irrisória quantia de 33 cêntimos. Foi o presente--sensação no Natal de 2010.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG