Selecção vai pagar casa a Martunis

Camisola nacional vestida pela criança sobrevivente motiva onda de solidariedade

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) quer ajudar a família da criança de sete anos que foi encontrada no sábado numa praia de Banda Aceh. Arrastado pela força das águas, Martunis sobreviveu sozinho durante 19 dias entre os destroços, envergando uma camisola da selecção nacional de futebol. Um facto que sensibilizou o presidente da FPF. Gilberto Mandail anunciou ontem a sua intenção de comprar um terreno na Indonésia e de construir uma casa para a família, que perdeu tudo na tragédia. O jogador Cristiano Rodaldo quer levá-lo a assistir a um jogo da sua equipa em Inglaterra, oferecendo a sua casa para o acolher.


Adepto da selecção portuguesa e do Manchester United, Martunis pode ainda ter como recompensa viajar até Portugal para assistir a um jogo de apuramento para o mundial de futebol.


Ontem, em declarações à SIC, o seleccionador nacional Filipe Scolari, manifestou a vontade de trazer Martunis quando «estiver já em melhores condições, já refeito». Para Scolari, a criança que conseguiu sobreviver à onda gigante é «um símbolo da vontade de viver, da persistência. É um exemplo para todos nós e para os atletas, que podem conseguir tanta coisa no futuro, mesmo em dificuldades. Vendo aquelas imagens com a bandeira do nosso país, achámos que tínhamos de participar de alguma forma», explicou.


O assessor da FPF, Filipe Felix, afirmou ao DN que a ideia de ajudar Martunis partiu de Gilberto Mandail que, depois de ver as imagens da criança vestindo de encarnado e verde, decidiu estender-lhe a mão. A forma como esta ajuda será concretizada ainda vai ser discutida durante a semana em reunião da direcção, mas pode passar pela realização de um jogo para angariar fundos.
A história de Martunis é o milagre mais recente ocorrido em Banda Aceh, uma das zonas mais devastadas pelo maremoto. A criança conseguiu sobreviver três semanas alimentando-se do que o mar lhe trazia. Só este fim de semana voltou a ligar-se ao mundo, quando uma equipa da televisão inglesa SkyNews a encontrou, em grande debilidade física, numa praia da cidade. Encontrava-se muito magro, desidratado e mal nutrido, com o corpo coberto de picadas de mosquitos.


O menino foi depois encaminhado para um hospital da cidade e submetido a exames médicos. Aqui, um novo milagre ocorreu na vida de Martunis. Outro paciente reconheceu a criança, permitindo o reencontro, momentos depois, com o pai. Desde o tsunami que a família vive sem nada, a sua casa foi completamente destruída pelo tsunami. A Federação Portuguesa promete agora mudar a situação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG