Detetada radioatividade anormal na água do mar perto de Fukushima

Níveis anormalmente elevados de substâncias radioativas foram detectados na água do mar perto da central nuclear de Fukushima, anunciou hoje a empresa Tepco.

A taxa de iodo 131 e de césio 134 estavam respetivamente 126,7 vezes e 24,8 vezes mais elevadas que as normas fixadas pelo Governo japonês, indicou um responsável da empresa Tokyo Electric Power (Tepco), responsável pela exploração da central.

A taxa de césio 137 encontrava-se ainda 16,5 vezes mais elevada que o normal, enquanto o cobalto 58 era inferior à norma, indicou o mesmo responsável, ao assegurar que estes níveis de radiação não constituem uma ameaça para a saúde humana.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG