Kadhafi promete atacar alvos civis e militares no Mediterrâneo

O líder líbio, Muammar Kadhafi, afirmou esta noite que vai abrir os depósitos de armas para defender a Líbia.

Após a intervenção de hoje dos Estados Unidos, Grã-Bretanha e França, que lançaram 110 mísseis de cruzeiro sobre a Líbia, Kadhafi prometeu uma resposta séria. "Os depósitos de armas serão abertos para defender a Líbia", disse.

O líder líbio afirmou que o Mediterrâneo se transformou num "verdadeiro campo de batalha" e ameaçou atingir alvos civis e militares na região. Para Kadhafi, a acção militar de hoje é "uma agressão injustificada".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG