Cimeira extraordinária a 11 de Março para discutir Líbia

O presidente do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy, convocou hoje uma cimeira extraordinária de chefes de Estado e de Governo da União Europeia para discutir a situação na Líbia e na vizinhança a sul da Europa.

A cimeira, que terá lugar durante a manhã, realizar-se-á num dia em que 17 líderes europeus já tinham presença marcada em Bruxelas, para uma cimeira extraordinária da Zona Euro.

Numa nota divulgada em Bruxelas, Herman Van Rompuy indica que, com base nos relatórios elaborados pela Alta Representante da UE para os Negócios Estrangeiros, Catherine Ashton, os líderes europeus irão discutir as linhas estratégicas da reação da UE aos desenvolvimentos na Líbia e na região do Norte de África.

No domingo, o Presidente francês, Nicolas Sarkozy, pedira a realização de uma cimeira europeia para definir uma "estratégia comum" para lidar com a crise na Líbia, e também para conceber uma resposta ao risco de uma vaga de imigração maciça para a Europa causada pela instabilidade na região.

Entretanto, a secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, advertiu hoje para a possibilidade uma "guerra civil prolongada" na Líbia e disse que os Estados Unidos admitem a imposição de uma "zona de exclusão aérea" para conter a violência.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG