Rival de Merkel mostra o dedo em capa de revista

O candidato a chanceler do SPD, Peer Steinbrück, e principal opositor de Angela Merkel nas eleições que se aproximam, apareceu na capa da revista semanal Süddeutsche Zeitung Magazin a fazer um sinal obsceno com o dedo.

O caso está já a causar polémica na Alemanha onde insultar alguém com o dedo pode dar direito a uma multa que vai dos 600 aos 4 mil euros, como a própria revista sublinha.

A fotografia integra-se num trabalho intitulado "Não diga nada", em que foi pedido a várias figuras públicas para responderem a perguntas com gestos em vez de usarem palavras. Alguns apareceram na entrevista muito preparados, outros foram mais espontâneos. A Peer Steinbrück foi colocada a seguinte pergunta: "Peer-Gafe, Peer-Problema, Peerlusconi - não tem qualquer problema com as alcunhas que lhe dão, pois não?". A questão referia-se a uma série de gafes cometidas pelo candidato da oposição durante a campanha eleitoral.E a resposta foi... mais uma gafe.

O assessor do candidato, Rolf Kleine, ainda tentou impedir a publicação da fotografia, mas no final o próprio Steinbrück deu o seu "ok", afinal, tinha sido aquela a sua resposta.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG