O que os alemães pensam das mãos de Merkel...

Mãos em forma de diamante são já imagem de marca da chanceler. E dedo do seu rival não será facilmente esquecido. Gestos à parte, eleitores da CDU e SPD, maiores partidos na corrida eleitoral, mantêm-se fiéis.

Junto à estação central de Berlim, Knut Brenn e Horst Schmitt esperam que chegue a hora de apanhar o comboio de volta para Frankfurt. Trabalham na área da ferrovia e vieram à capital alemã em negócios. Ao fundo, um cartaz gigante exibe umas mãosque toda a Europa conhece: as de Angela Merkel, a chanceler que nas legislativas de domingo procura um terceiro mandato como líder do Governo alemão.

Gostam do mural? Sim, está bonito, dizem. Mas a sua sintonia acaba aí mesmo. "Eu gosto de Merkel e politicamente gosto da continuidade. Neste momento é o melhor para a Alemanha. O país tem muitos negócios que dependem da estabilidade do euro, por isso a ajuda dela aos outros países é a única maneira de salvar o euro", diz ao DN Knut, de 60 anos, enquanto o amigo abana a cabeça. "Eu não gosto de Merkel porque ela é de cor preta", argumenta por sua vez Schmitt, de 54 anos, referindo-se à cor da CDU.

O mosaico que exibe as mãos em forma de diamante, uma postura que já se tornou imagem de marca da chanceler alemã, "é composto por imagens de mãos de 2150 apoiantes da CDU", explica ao DN Christopher Lueck, um dos assessores de imprensa do partido liderado por Merkel há mais de uma década. A acompanhar a imagem do mosaico uma pequena frase: "O futuro da Alemanha em boas mãos."

Leia mais no e-paper do DN

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG