Conservadores mantêm apoio a reformas estruturais

O eurodeputado conservador alemão Elmar Brock defendeu que a Alemanha, independentemente do resultado das legislativas de dia 22, não alterará a sua política europeia de apoio às reformas estruturais, cujos resultados começam a ver-se, nomeadamente em Portugal.

"A posição alemã é muito clara, continuaremos a apoiar o crescimento e emprego e as reformas estruturais", disse, em declarações à Lusa.

O eurodeputado eleito pelos democratas-cristãos da CDU, o partido da chanceler Angela Merkel, e que integra o grupo político do Partido Popular Europeu, sublinhou ainda que o rumo da austeridade "já começou a dar resultados em Portugal e na Irlanda".

Brock salientou também a necessidade de se prosseguir com as reformas estruturais, que permitem "continuar no caminho do crescimento".

Defendendo a urgência de "uma verdadeira união económica e monetária", sublinhou ainda que a Alemanha mantém "o apoio e a solidariedade" a Portugal.

Uma sondagem divulgada na quarta-feira passada dava aos partidos da coligação alemã no poder, liderada por Merkel, 45% das intenções de votos, contra 25% dos social-democratas do SPD, de Peer Steinbrueck.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG