Marinho e Pinto recusa euforias

Ex-bastonário da Ordem dos Advogados recusa identificar os partidos aos quais terá "roubado" eleitorado

Visivelmente satisfeito mas recusando entrar em euforias, Marinho Pinto, cabeça-de-lista do Partido da Terra (MPT) às eleições europeias, que garantiu esta noite um lugar no Parlamento Europeu, afirmou que esta vitória histórica do MPT se deve à sua notoriedade que se juntou ao trabalho de pessoas sérias.

Marinho e Pinto voltou a repetir a mensagem que pautou a sua campanha: "Liberdade, justiça, solidariedade. São estes os nossos valores que, reafirmou, irá defender enquanto eurodeputado. "Vou defender o nosso programa e os nossos valores, humanitários e ambientalistas, a justiça, a solidariedade - sobretudo face aos idosos", enumerou.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG