Durão Barroso pede empenho para vencer forças antieuropeias

O presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, pediu hoje em Atenas aos responsáveis políticos que se empenhem no debate sobre as próximas eleições europeias e vençam "com argumentos racionais" os partidos "populistas e extremistas".

"Há cem anos [na I Guerra Mundial] os europeus matavam-se uns aos outros por todo este continente. Hoje os europeus preparam-se para votar em eleições livres, não acho que isso seja um problema, mas sim uma grande oportunidade. Peço empenhamento no debate europeu a todos os partidos, que deixem a zona de conflito e que mostrem que a integração europeia é democrática e não tecnocrática", sustentou Barroso.

As posições do chefe do executivo comunitário foram assumidas depois de Barroso ser questionado pelos jornalistas sobre um eventual reforço eleitoral de forças políticas antieuropeias nas eleições marcadas para maio.

O presidente da Comissão Europeia defendeu que é preciso "discutir a Europa contra os que são contra a Europa e defender o projeto europeu".

"Tenho a certeza que as forças pró-europeias vencerão as próximas eleições, não tenho dúvidas disso. As forças populistas podem subir, é verdade, há em vários países partidos extremistas, racistas, que não gostam dos nossos valores, que não gostam de estrangeiros, que não partilham dos valores europeus, mas em democracia o que podemos fazer? Ganhar com argumentos racionais", afirmou.

"Espero que os partidos europeus defendam a Europa", resumiu Durão Barroso.

O presidente da Comissão Europeia encontra-se em Atenas para participar na abertura oficial da presidência grega da União Europeia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG