Assis está "disponível para discutir tudo" com Rangel

Cabeça de lista do PS desafia o candidato da coligação PSD/CDS para debater "comportamentos dos vários governos e oposições" nos "últimos cinco, dez anos". Mas depois quer discutir "presente e futuro".

Francisco Assis desafiou esta quinta-feira o cabeça de lista da "Aliança Portugal", a coligação que junta PSD e CDS, a "discutir tudo" sobre os "comportamentos dos vários governos e das várias oposições" nos "últimos cinco, dez anos".

O candidato socialista afirmou esta sua disponibilidade depois de Paulo Rangel ter apontado que existe uma contradição entre António José Seguro e Francisco Assis na defesa da herança dos governos socialistas.

Assis sublinhou que, "nos últimos dias", o atual eurodeputado social-democrata tem tido "uma obsessão" com o que foi o trabalho dos governos do PS. "Se quiser debater isso, estou disponível", insistiu o deputado socialista. Mas depois, pediu, "concentremo-nos em discutir o presente e o futuro".

Aí, avisou Assis, Rangel "vai ter de apresentar justificações" para posições suas e dos partidos da maioria. O socialista recordou que o cabeça de lista da direita "dizia que o Governo não tinha um discurso para a Europa", vai ter de dizer se concorda com a austeridade que foi imposta ao país", muito para lá do memorando inicial, "e quais são as suas perspetivas para o país".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG