McCain só contrata 'Joes' e Obama nasceu em Krypton

Depois da tensão do último debate, os candidatos protagonizaram um momento divertido no jantar de caridade da Fundação Alfred E. Smith. Mas não deixaram de enviar mensagens de conteúdo bem político.

John McCain demitiu toda a equipa e vai substituí-la por "tipos chamados Joe, o Canalizador". E Barack Obama nasceu "em Krypton" e foi "enviado pelo meu pai Jor-El para salvar o planeta Terra". Depois da tensão do último debate, os candidatos à Casa Branca protagonizaram momentos hilariantes, mas nem por isso menos carregados de mensagens políticas, no tradicionalmente divertido jantar de caridade da Fundação Alfred E. Smith, em Nova Iorque. McCain e Obama tiveram aqui um dos últimos momentos de descontracção antes de voltarem à estrada na corrida para as presidenciais de 4 de Novembro que decidirão qual deles irá suceder a George W. Bush na presidência dos EUA.


Os trajes de gala parecem não ter tirado o humor aos candidatos presidenciais. No jantar de homenagem a Al Smith, primeiro candidato católico à presidência dos EUA, em 1928, tanto Obama como McCain aproveitaram o tom leve para responder a boatos e críticas.


O famoso Joe, o Canalizador, referido 26 vezes no debate entre McCain e Obama voltou aparecer, com McCain a ironizar sobre o homem que usou como exemplo dos pequenos empresários prejudicados pelas propostas fiscais de Obama e que afinal nem sequer tinha licença para exercer. O senador prosseguiu garantindo que foi como "colega e amigo de Obama " que lhe chamou 'aquele'". E segundo o republicano, o adversário não levou a mal.

Porquê? "Ele também tem uma alcunha para mim: George Bush". Os democratas não se têm cansado de comparar McCain ao Presidente.


Obama, que discursou depois, manteve o tom. "Quem escolheu o meu nome do meio não imaginava que um dia seria candidato à presidência". A acreditar nas intervenções de apoiantes de McCain na semana passada, muitos americanos ainda acreditam que Barack Hussein Obama é muçulmano e terá ligações ao terrorismo. Terá sido a pensar neles que Obama acrescentou: "Houve um momento da minha vida em que comecei a andar em más companhias. Fui membro do Senado dos EUA. Mas, John, acho que te vi nas nossas reuniões".


E nem a assistência escapou às farpas dos candidatos, com McCain a afirmar: "Mesmo nesta sala cheia de orgulhosos democrata sinto que algumas pessoas me apoiam", acrescentando: "Fico feliz de a ver, Hillary". A ex-primeira dama, derrotada por Obama nas primárias democratas é suspeita de não ter aceitado bem a derrota.


Os candidatos já retomaram a campanha, apostando nos estados indecisos, como a Florida onde McCain esteve ontem e Obama estará na segunda-feira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG