Borrego morto dá boas vindas a Kadhafi

Um 'BMW 325' acompanhará Kadhafi para interditar as comunicações móveis à sua passagem.

Um borrego, agarrado por um líbio, aguardava na zona central do Forte de São Julião da Barra, em Oeiras, a entrada de Muamar al-Kadhafi. Assim, que tal aconteceu, um golpe desferido por uma faca retirou-lhe a vida. Era o sinal de boas vindas ao líder líbio, como manda a tradição árabe.

 

No forte, tudo estava preparado à espera de Kadhafi, até a tenda com alguns dos seus pertences para receber entidades e amigos. É naquele espaço, protegido por militares e por elementos do Corpo de Segurança Pessoal (CSP) da PSP, que Kadhafi irá permanecer até ao final da Cimeira UE- África . A acompanhá-lo andarão mais de duas dezenas de seguranças líbios e elementos do CSP. O Mercedes blindado, modelo C-600, que o transporta é seu e será sempre conduzido por um dos seus homens, embora acompanhado por um agente do CSP.

 

Mas além dos seguranças, Kadhafi trouxe ainda um BMW 325, que andará sempre atrás da sua viatura, pois funciona como inibidor de frequências magnéticas, interditando as comunicações móveis.