Alegada foto de Mandela morto é falsa

Está a circular na internet uma imagem do antigo presidente sul-africano, alegadamente no leito da morte. Mas tudo indica que se trata de uma farsa.

A agência France Press garante que se trata de uma imagem muito semelhante a uma de um fotógrafo da própria agência, tirada a 2 de junho de 1991, no primeiro congresso do ANC em 30 anos. De facto, a única diferença parece ser que esta, que agora circula e que é apresentada como "uma fotografia roubada do corpo de Nelson Mandela", foi redimensionada e está num ângulo mais apertado e tem uma cor mais esverdeada.

Além disso, diz a France Press, parece impossível conseguir uma imagem com aquele ângulo no local onde se encontra o corpo do antigo líder da luta contra o Apartheid: a urna, desde ontem no Palácio da Presidência, em Pretória, está colocada no ponto elevado, pelo que as pessoas só têm uma visão do perfil de Mandela.

Foram já mais de 30 mil as pessoas que passaram pelo local para homenagear o Nobel da Paz, que morreu aos 95 anos no dia 5. As máquinas fotográficas e os computadores portáteis são proibidos.

Apesar de se tratar, ao que tudo indica, uma farsa, a verdade é que a família de Mandela ficou devastada com a possibilidade de estar a circular uma imagem do cadáver. O governo também reagiu: "É errado, errado, errado. É um desrespeito pelo homem e pela família que, durante anos, defendeu este país", disse um porta-voz, segundo o qual iriam tentar que o Twitter (rede social em que a imagem começou a circular) a retirasse.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG