Obama reserva-se o direito de agir de novo no Paquistão

A Casa Branca afirmou hoje que o Presidente norte-americano, Barack Obama, se reserva o direito de agir novamente contra os suspeitos de terrorismo no território paquistanês, depois do ataque que matou Ben Laden a norte de Islamabad.

Segundo a AFP, Jay Carney, porta-voz da Casa Branca confirmou que Obama está preparado para atacar novamente os fugitivos caso estes se encontrem em território paquistanês.

O Presidente norte-americano "considera que seria uma boa aproximação e continua a equacioná-la", disse.

O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou no domingo à noite em Washington que Usama Ben Laden foi morto no Paquistão por forças especiais norte-americanas. Segundo responsáveis, o líder da Al-Qaida foi morto durante o ataque a um complexo nos arredores de Islamabad, onde a sua presença foi confirmada no final de Abril.

Ler mais

Exclusivos