"Líder Al-Qaida teve de ter apoio de responsáveis paquistaneses"

O líder da Al-Qaida teve de ter apoio de responsáveis paquistaneses para se esconder durante tanto tempo nos arredores de Islamabad, afirmou hoje o conselheiro do presidente dos Estados Unidos para o Combate Anti-Terrorista.

Em conferência de imprensa, John Brennan afirmou que os serviços de informação norte-americanos procuram agora identificar exatamente o tipo de apoio recebido por Usama Bin Laden e irão analisar com detalhe o conteúdo da residência onde foi localizado.

O conselheiro de Barack Obama adiantou ainda que o governo dos Estados Unidos não deu conhecimento prévio da operação às autoridades paquistanesas.

Brennan disse também que Bin Laden se tinha servido de uma mulher como escudo humano, durante o raide feito por forças especiais norte-americanas a um complexo habitacional nos arredores de Islamabad.

Este dirigente do governo de Obama acrescentou que a CIA tinha uma "certeza crescente" de que a casa vigiada era a residência de Bin Laden, apesar de as provas serem apenas "circunstanciais".

Ler mais

Exclusivos