EUA hesitam em divulgar fotos "horríveis" de Ben Laden

Imagens são de extrema violência. Washington teme repercussões negativas no mundo muçulmano.

As fotos existentes de Ussama ben Laden são "horríveis" e a Casa Branca pondera ainda se deverão ser divulgadas ou não, disse ontem um porta-voz da Administração de Barack Obama.

Fontes militares americanas referiram que as fotos mostram ter o líder da Al-Qaeda sido atingido um pouco acima do olho esquerdo, o que terá desfeito parte do crânio; um segundo tiro foi disparado para o peito de Ben Laden. Estas imagens foram realizadas numa base militar, provavelmente Bagram, nos arredores de Cabul, antes de o corpo seguir para o porta-aviões USS Carl Vinson.

Leia mais no e-paper do DN

Ler mais

Exclusivos

Premium

Anselmo Borges

"Likai-vos" uns aos outros

Quem nunca assistiu, num restaurante, por exemplo, a esta cena de estátuas: o pai a dedar num smartphone, a mãe a dedar noutro smartphone e cada um dos filhos pequenos a fazer o mesmo, eventualmente até a mandar mensagens uns aos outros? É nisto que estamos... Por isso, fiquei muito contente quando, há dias, num jantar em casa de um casal amigo, reparei que, à mesa, está proibido o dedar, porque aí não há telemóvel; às refeições, os miúdos adolescentes falam e contam histórias e estórias, e desabafam, e os pais riem-se com eles, e vão dizendo o que pode ser sumamente útil para a vida de todos... Se há visitas de outros miúdos, são avisados... de que ali os telemóveis ficam à distância...