"Cavaco deu uma moção de confiança a Passos"

No primeiro programa de comentário político, na RTP1, ex-primeiro ministro foi duro com Pedro Passos Coelho e disse que, atualmente, já temos "um governo de iniciativa presidencial".

Assumindo-se como um "defensor do Tribunal Cosntitucional", José Sócrates criticou, hoje na RTP, as declarações de Pedro Passos Coelho sobre a decisão que chumbou quatro medidas do Orçamento de Estado para 2013. "O primeiro ministro decidiu tratar o Tribunal Constitucional como um partido da oposição, como um inimigo político", declarou Sócrates, que também apontou baterias para Cavaco Silva.

"Quando se fala por aí de um governo de iniciativa presidencial, ora ele está aí", começou por dizer, classificando como uma "moção de confiança" a declaração feita pelo Presidente da República após a reunião de ontem com o primeiro-ministro e com o ministro das Finanças, Vítor Gaspar.

O agora analista político da RTP centrou, contudo, a sua primeira intervenção na relação governo-Tribunal Constitucional: "O primeiro ministro disse coisas impensáveis, abriu um querela institucional. Só faltou dizer que o Tribunal Constitucional traiu os superiores interesses do País", comentou José Sócrates, recordando que os juízes do Palácio do Ratton apenas estão "vinculados à Constituição". "É preciso relembrar o óbvio: quem fez um Orçamento inconstitucional foi o governo e não o tribunal", declarou José Sócrates.

O antigo líder do PS afirmou ainda concordar com a última moção de censura dos socialistas contra o governo, dizendo que o partido deu voz "ao descontentamento social".

Sobre a demissão de Miguel Relvas, Sócrates não quis falar do ministro demissionário, mas sim do primeiro-ministro que, na sua opinião, não "liderou" a remodelação, mas sim "foi a reboque" dos acontecimentos. Confrontado com a comparação entre a licenciatura de Miguel Relvas e a sua, José Sócrates disparou: "Isso ofende-me. Estive seis anos no ensino superior, cinco dos quais em instituições públicas. Depois da licenciatura fiz um MBA no ISCTE e fui o melhor aluno ex-aequo"

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG