PSD conta com a "jota" para fazer compreender medidas

O dirigente do PSD Hermínio Loureiro afirmou hoje que o partido "conta muito com a JSD" para fazer compreender aos jovens as medidas de combate à crise e "transmitir uma mensagem de esperança".

Hermínio Loureiro, que é também presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis e que substituiu o ministro dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, no encerramento do programa de formação de jovens quadros da JSD "Aveiro em Formação", explicou que o partido conta muito com a juventude partidária "nesta fase difícil em que o país atravessa, em que é preciso reduzir o défice, equilibrar as contas públicas e reformar a sociedade e o país".

O membro da Comissão Política Nacional do PSD reconheceu que "não é fácil" para a JSD defender as posições do partido e do Governo, que tem de tomar "medidas difíceis, numa altura em que os jovens se deparam com grandes dificuldades e elevados níveis de desemprego, mas é preciso empreender as reformas estruturais a par da crise, e dar uma mensagem de esperança".

"É uma tarefa que não é fácil, mas a JSD está habituada a encarar tarefas difíceis", comentou, acrescentando que "é preciso explicar a situação em que o país vive, mas também como se chegou até aqui".

Para Hermínio Loureiro, que é também autarca, a reforma da administração local "é uma das reformas estruturais que o País precisa de fazer", mas sublinha que não se pode perder de vista a proximidade aos cidadãos e aos seus problemas que caracteriza o poder local.

"Continuo a defender que cada euro aplicado pela administração local é melhor aplicado do que pela administração central, devido à sua proximidade com os cidadãos. Claro que com regras", comentou.

"Aveiro em Formação" foi uma iniciativa de formação política da Juventude Social Democrata Regional de Aveiro, que decorreu durante três dias no Luso, Mealhada, com a participação de vários quadros do PSD.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG