PS diz que adiamento resulta de "impreparação" do Governo

O líder da bancada socialista, Carlos Zorrinho, defendeu hoje que o adiamento da discussão e votação da proposta de Orçamento "é apenas o resultado da impreparação e trapalhada posta em prática por um Governo que desrespeitou a lei".

Carlos Zorrinho falava aos jornalistas após a conferência de líderes ter decidido adiar por uma semana, para os dias 10 e 11 de Novembro, a discussão e votação da proposta do Governo de Orçamento do Estado para 2012 por dúvidas de constitucionalidade.

"O PS esteve e está do lado da solução. Por razões éticas, o PS entendeu que deveria informar a presidente da Assembleia da República [Assunção Esteves] desta circunstância", apontou Carlos Zorrinho.

Carlos Zorrinho disse ainda que, nesta questão processual em torno do Orçamento, "o PS considerou que, por razões políticas, deveria ser salientada a impreparação do Governo".

"Mas também foi garantido que não haverá um atraso na votação final do Orçamento. Esperamos que nesta semana que o Governo agora tem para se preparar melhor para o Orçamento possa aproveitar as Grandes Opções do Plano tendo em vista transmitir a ideia que o Conselho de Estado pediu sobre desenvolvimento sustentável, crescimento económico e sobre uma ideia mais construtiva para Portugal", declarou Carlos Zorrinho.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG