Parlamento vai trabalhar fora de horas

Falta das Grandes Opções do Plano tornava 'ilegal' votação agendada. Críticas de secretária de Estado aumentam tensão entre o Executivo e os parceiros sociais.

A alteração de última hora ao calendário de discussão do Orçamento para 2012 vai obrigar os deputados a reunir-se com os ministros noite dentro durante o mês de Novembro para aprovar o documento a tempo.

Contra a vontade do Governo, a presidente da Assembleia da República decidiu adiar por uma semana a votação na generalidade. Assunção Esteves justificou a decisão com o atraso na entrega das Grandes Opções do Plano (GOP).

Leia mais no e-paper do DN.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG