Jardim exige negociar medidas do Orçamento

Líder regional não quer medidas inscritas no OE 2012 sem negociações prévias. Passos já prepara austeridade regional e não telefonou a Jardim.

Os mais próximos de Alberto João Jardim queixavam-se ontem do distanciamento do primeiro-ministro, visível na ausência de uma palavra de congratulações pela nona maioria absoluta do presidente do Governo Regional da Madeira.

No domingo, depois de reeleito, Alberto João fez um discurso de desafio - contra o ultraliberalismo, reclamando espaço (dinheiro) para apostar na economia da região, dizendo-se militante apenas da Madeira.

Ontem, Passos respondeu à letra. Disse que a Madeira "está sufocada pelo peso da dívida" e realçou que o esforço de ajustamento terá de ser feito pelos madeirenses e pelo seu futuro Governo - pela execução "de um programa de ajustamento rigoroso".

Leia mais pormenores no e-paper do DN.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG