Alcochete vai custar menos de 3,3 mil milhões

O investimento previsto no novo aeroporto de Lisboa, a construir no Campo de Tiro de Alcochete, até ao dia da sua inauguração, vai situar-se entre 3,1 e 3,3 mil milhões euros. Carlos Madeira, presidente executivo da NAER- Novo Aeroporto diz que "é possível que o investimento não ultrapasse o tecto máximo".

Os primeiros elementos de referência e as plantas base para o projecto do novo aeroporto foram ontem divulgados, e nos próximos seis meses vão decorrer os estudos que irão servir de base para a elaboração do Plano Director de Referência. Até Março do próximo ano, a NAER prevê avançar com o estudo de Impacte Ambiental, que deverá ficar concluído até Setembro. Carlos Madeira admitiu avançar com o concurso público para a construção com o estudo de impacte ambiental a decorrer.

No calendário inicial, as obras deverão ter início em 2010, prevendo-se a sua conclusão em 2017. O novo aeroporto fica implantado numa aérea de 2400 hectares e prevê um modelo faseado de construção, aumentando à medida que o mercado o recomende. Assim, as duas pistas, disponíveis no ano de abertura, e que a NAER acredita sejam suficientes até 2050, poderão duplicar para quatro.

No ano de abertura, o aeroporto apresenta uma capacidade situada entre 20 e 25 milhões de passageiros. O aeroporto terá capacidade de operação para todo o tipo de aeronaves, incluindo os Airbus A-380. Vai dispor de 63 posições de estacionamento de aeronaves, 120 balcões de check-in, 12 tapetes de recolha de bagagens, duas pistas paralelas com 4000 metros de comprimento. Em termos de acessos ferroviários, o aeroporto vai ficar a 22 minutos da Gare do Oriente e a 33 minutos da estação de Entrecampos por shuttle. 

Exclusivos