Governo ignorou Tribunal de Contas

Auditoria ficou parada mais de um ano porque o ministério das Finanças não respondeu a um pedido do tribunal.

A Assembleia da República exigiu pela primeira vez a 6 de janeiro de 2011 (resolução n.º 11/2011) que o Governo de José Sócrates solicitasse uma auditoria a esta entidade, mas tudo esteve parado até março deste ano quando foi publicada em Diário da República uma nova resolução.

Fonte oficial do Tribunal de Contas (TC) explicou ao DN que "o Governo solicitou de facto uma auditoria". No entanto, como havia necessidade de consultoria externa, "o TC enviou oportunamente solicitação ao Ministério das Finanças que informasse quem assumiria os encargos com a contratação dos referidos peritos - não tendo obtido resposta". O ministério tutelado por Teixeira dos Santos ignorou o documento do TC e a resolução parlamentar caiu por terra.

Apesar da troca do titular da pasta, com a mudança de Governo, Vítor Gaspar também não terá respondido ao pedido do tribunal.

Leia mais no epaper do DN

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG