Coleção valiosa de Miró escondida em armazém

Obras do pintor espanhol estão à guarda da Culturgest à espera de serem vendidas pelo Estado português.

São 85 trabalhos de Joan Miró avaliados entre 80 a cem milhões de euros, "um ativo extravagante" nas palavras de Miguel Cadilhe, propriedade jurídica de três 'offshores' da Galilei, uma empresa do grupo BPN.

Em 2011 foi apresentada uma proposta de compra por 55 milhões de euros por uma empresa espanhola.

Leia mais no epaper do DN

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG