Defesa de José Penedos pede acesso a cópias de escutas

A defesa do arguido da 'Face Oculta' José Penedos pediu hoje acesso a cópias de escutas do processo que o Supremo Tribunal mandou destruir, mas que, apesar disso, terão sido preservadas.

Em requerimento apresentado no início da sessão de hoje, o advogado Ricardo Sá Fernandes perguntou ao coletivo de juizes, dirigido por Raúl Cordeiro, se subsistem os duplicados dessas escutas, descobertos em fase de instrução, e qual o destino que o tribunal lhe vai dar.

Caso tais escutas permaneçam intactas, o advogado de José Penedos pretende saber se os arguidos as poderão consultar, com vista à sua defesa, ou se, pelo contrário, vai ser ordenada a sua imediata destruição, como pretende o presidente do Supremo Tribunal de Justiça, Noronha do Nascimento.

Trata-se de escutas que Noronha do Nascimento mandou destruir mas, que o juiz Carlos Alexandre, do Tribunal Central de Instrução Criminal, terá entendido que deveriam permanecer intactas.

O coletivo de juízes de Aveiro ainda nada decidiu sobre o pedido, dando um prazo de cinco para as partes se pronunciarem

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG