Catroga atestou "alto perfil moral" de José Penedos

O ex-ministro das Finanças Eduardo Catroga disse hoje em tribunal que o arguido do processo Face Oculta José Penedos é "um dos mais competentes gestores na área da energia".

Eduardo Catroga deslocou-se ao Tribunal Central de Instrução Criminal para depor como testemunha do arguido José Penedos e afirmou no final aos jornalistas que é amigo há mais de 20 anos do ex-presidente da REN (Redes Energéticas Nacionais) e que tem "um alto perfil moral e profissional".

Questionado sobre a oferta e recebimento de presentes por parte de Penedos, a testemunha admitiu que ele próprio sempre recebeu prendas de maior ou menor valor e que considera esta prática normal. "A troca de prendas é um hábito na sociedade portuguesa no contexto da vida empresarial e social. As pessoas recebem mas mantêm a sua independência. Nunca tive qualquer problema em aceitar prendas", declarou aos jornalistas.

Eduardo Catroga disse mesmo que recebeu várias ofertas enquanto administrador de empresa e ministro das Finanças de "valor mais ou menos elevado", dando como exemplo, pratas, vinhos raros e livros. Além de Eduardo Catroga, também o ex-ministro da Administração Interna Ângelo Correia é ouvido hoje como testemunha de José Penedos na instrução do processo Face Oculta.

José Penedos arrolou também como testemunha o ex-secretário de Estado adjunto da Indústria e atual "chairman" da Cimpor, Castro Guerra, que deve ser também ouvido hoje.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG