Financeiras destruíram 121 mil empregos num ano

O sector bancário em todo o mundo perdeu 120 910 postos de trabalho ao longo de um ano de crise financeira. A liderar a lista dos despedimentos desde o eclodir da crise do " subprime ", no Verão de 2007, encontra-se o Citigroup que eliminou mais de 14 000 empregos, segundo dados da agência Bloomberg.

Embora elevado, este número representa apenas 3,8% dos recursos humanos da instituição, que emprega 350 000 pessoas em todo o mundo.

O último banco norte-americano a falir, o Lehman Brothers, é responsável pelo segundo maior número de despedimentos. Cerca de 13 390 postos de trabalho foram erradicados, cerca de metade da força de trabalho deste banco de investimento.

Ler mais

Exclusivos