Carlos Tavares: "Sanções mais pesadas para os incumpridores"

O superpolícia do mercado de capitais é um benfiquista moderado, que nos tempos livres toca música. Economista da escola do BPA, está habituado a dizer o que pensa e não se importa de ganhar inimigos por ser frontal. Acredita que as infracções cometidas pelo BCP não passarão sem castigo, defende que os salários individuais dos gestores deviam ser públicos e garante que nunca saiu magoado de parte nenhuma.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG