Vitória de Alonso dá novo alento à Ferrari

Espanhol leva 'Scuderia' ao triunfo, que não alcançava em Monza deste 2006

Fernando Alonso (Ferrari) venceu o Grande Prémio de Itália, à frente do britânico campeão do mundo Jenson Button (McLaren) e o australiano Mark Webber (Red Bull), que, apesar de uma prova medíocre, recuperou a liderança do Mundial de Pilotos.

Button ultrapassou Alonso logo na primeira chicane e dominou os primeiros dois terços da corrida. No entanto, o espanhol, que apostou numa única paragem nas boxes, mostrou "músculo" ao regressar à pista, na 38.ª volta e recuperou a liderança no mesmo local onde a perdera na primeira volta, com uma travagem crítica e uma derrapagem controlada, que deixou em delírio as bancadas do autódromo de Monza.

A última vitória de Alonso em Monza havia ocorrido, em 2007, então com a McLaren-Mercedes, mas a Ferrari não ganhava no "seu" circuito deste 2006, com Michael Schumacher ao volante.

O britânico Lewis Hamilton foi o grande derrotado da prova . Ao danificar o McLaren, quando tentou ultrapassar Massa (Ferrari), na primeira volta,perdeu a liderança do Mundial. Por seu lado, Alonso, que saltou para o terceiro lugar, deu novo alento às aspirações da Ferrari, a cinco provas do final do campeonato. Este foi o terceiro triunfo da época do "príncipe das Astúrias", que venceu a primeira prova no Bahrein e a 11.ª na Alemanha, com uma ultrapassagem polémica ao seu companheiro de equipa, Felipe Massa.

A próxima corrida é o Grande Prémio de Singapura, dia 26.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG