Varela resgatou Portugal da crise no Euro

Perdidas de Cristiano Ronaldo colocaram a vitória da seleção em causa, mas Varela saltou do banco para resolver o jogo nos últimos minutos da partida. Segue-se o 'mata-mata' com a Holanda.

Desta vez, não foi necessária qualquer 'troika' para resgatar Portugal da crise no Euro. É certo que também foi preciso ir ao banco, mas bastou Silvestre Varela para a seleção portuguesa conquistar uma preciosa e necessária vitória sobre a Dinamarca, por 3-2, esta quarta-feira, que mantém de pé as esperanças lusas de ir além da fase de grupos no Euro 2012.

A vitória da seleção portuguesa teve como base, curiosamente, três "heróis improváveis". O primeiro foi Pepe, aos 24 minutos, quando o luso brasileiro correspondeu de cabeça ao pontapé de canto de Nani e fez aquilo que já tinha feito em 2008: o primeiro golo de Portugal no Europeu. Só os históricos goleadores Ruud van Nistelrooy e Ibrahimovic repetiram este feito.

Mas Hélder Postiga também reclamou protagonismo e faturou pelo terceiro Europeu consecutivo (igualou o recorde de Nuno Gomes), ao finalizar a assistência de Nani, aos 36 minutos, com um remate forte que parecia ter encaminhado Portugal para um triunfo tranquilo. Puro engano. A defesa 'adormeceu' ainda antes do intervalo e Bendtner - marcou sempre (!) que jogou contra Portugal, e já lá vão seis golos - fez um golo fácil de cabeça, num lance onde a seleção ficou a ver jogar.

Com Nani a brilhar e arrasar os dinamarqueses, faltava só aparecer Ronaldo. Só que este jogo não deverá deixar saudades ao capitão da seleção portuguesa, que até se tornou o jogador mais jovem de sempre a chegar aos 11 jogos em Europeus. Aos 50 minutos, isolado, o CR7 não conseguiu bater Andersen. O falhanço motivou cânticos por Messi, mas o pior veio depois: aos 78', isolado e com tempo para tudo, Ronaldo atirou de forma incompreensível ao lado da baliza. E já se sabe: quem não marca, sofre...

Ronaldo perdoou, Bendtner não. O goleador dinamarquês, nas costas de Pepe, atirou de cabeça para o fundo das redes, depois da bola sofrer um desvio em Rui Patrício e bater no poste antes de entrar. Já com Nélson Oliveira em campo, Paulo Bento lançou Varela aos 85'. Só que desta vez, e ao contrário do que fez contra a Alemanha, o "Drogba da Caparica" conseguiu finalizar a oportunidade de ouro de que dispôs, com um remate à meia volta, de difícil execução, que só parou no fundo das redes à guarda de Andersen. Só Costinha, no Euro 2000, fez um golo tão rápido em toda a história dos Europeus como Varela. Segue-se agora a Holanda, que Portugal poderá ter que derrotar para seguir em frente. E mesmo assim poderá ser insuficiente.

Filme do jogo:

90+5' Final do jogo! Portugal vence a Dinamarca por 3-2 e mantém de pé as aspirações rumo aos "quartos" do Europeu.

90+4' Schöne, isolado ao segundo poste, atira para a bancada!

90+2' Cartão amarelo para Ronaldo, por travar o contra-ataque da Dinamarca.

90+2' Nélson Oliveira podia ter isolado Ronaldo, mas falhou o passe.

90' Substituição na Dinamarca. Saiu Krohn-Dehli e entrou Schöne.

89' Substituição na seleção portuguesa. Saiu Nani e entrou Rolando.

87' GOLO DE PORTUGAL! VARELA! Depois de falhar um primeiro remate, o avançado português atirou à meia volta e fez o terceiro golo da seleção nacional. Portugal está a poucos minutos de um suado triunfo.

86' Varela colocou Ronaldo em zona de finalização, mas o CR7 não conseguiu atirar com força.

85' Substituição na seleção portuguesa. Saiu Meireles e entrou Varela.

84' Nélson Oliveira tentou o remate à meia volta, mas escorregou e falhou o alvo.

82' Pontapé livre de Ronaldo, para as mãos de Andersen.

81' Cartão amarelo para Jacobsen, por falta sobre Ronaldo.

80' GOLO DA DINAMARCA! Bendtner! Nas costas de Pepe e com a ajuda do ferro, o goleador dinamarquês mostrou a Ronaldo como é que se aproveitam as oportunidades de golo. Portugal tem dez minutos para evitar um desastre total.

78' Que perdida de Ronaldo(?)! O extremo português ficou completamente isolado, com tempo e espaço para finalizar da maneira que quisesse, mas atirou ao lado, sem convicção e de uma forma incompreensível.

77' A Dinamarca entra na fase do "tudo por tudo". O jogo, contudo, não é absolutamente decisivo para os nórdicos.

75' Cristiano Ronaldo tentou o cruzamento, mas atirou para a bancada.

73' Remate de longe de Raul Meireles, desenquadrado com o alvo.

72' Bendtner ganhou espaço e ângulo para o remate, mas atirou um pouco ao lado. Novo aviso por parte dos nórdicos...

71' Remate de Nélson Oliveira, fraco e à figura.

70' A seleção portuguesa tarda em 'matar' o jogo e arrisca-se a sofrer o empate. A Dinamarca cria cada vez mais perigo.

67' Portugal está a consentir algum espaço no seu meio campo para a Dinamarca atacar. O resultado continua em aberto.

64' Substituição em Portugal. Saiu Hélder Postiga e entrou Nélson Oliveira.

63' Nélson Oliveira vai entrar na partida dentro de momentos. Sairá Postiga, que se visse cartão amarelo hoje seria excluído da última jornada.

62' Remate fortíssimo de Kvist, que não deu em golo por centímetros! Fica o aviso.

61' A Dinamarca ainda não conseguiu sequer incomodar Rui Patrício na segunda parte.

60' Substituição na Dinamarca. Saiu Rommedhal e entrou Tobias Mikkelsen.

59' Rommedahl cai no relvado e parece não ter condições físicas para continuar em campo.

58' Pontapé livre de Miguel Veloso, para os punhos de Andersen.

56' Cartão amarelo para Jakob Poulsen, por falta sobre Nani.

56' A pressão alta de Portugal não está a permitir à Dinamarca aproximar-se sequer da baliza de Rui Patrício.

55' Postiga, que seguia no dois para um com Cristiano Ronaldo, demorou muito tempo a definir o lance e acabou desarmado por Agger, quando podia ter isolado o CR7.

53' Nani, candidato a melhor em campo, tentou o remate com ângulo apertado e permitiu a defesa de Andersen.

51' Portugal está a ter muito espaço no último terço do terreno. Não será por falta de ocasiões que deixará de marcar o terceiro golo.

50' Que perdida de Ronaldo! Completamente isolado, o extremo português arriscou o remate ainda fora da grande área e permitiu a defesa de Andersen. Postiga não conseguiu ir à recarga.

48' Portugal tem, finalmente, espaço para explorar as individualidades, nomeadamente Nani e Ronaldo. A Dinamarca está mais subida no terreno e está obrigada a correr maiores riscos.

46' Paulo Bento coloca Rolando, Varela e Nélson Oliveira a aquecerem.

46' INÍCIO DA SEGUNDA PARTE! Bola para Portugal, que tem três pontos na mão.

45+2' INTERVALO EM LVIV! Os golos de Pepe e Hélder Postiga dão vantagem à seleção portuguesa, que está a ser superior à Dinamarca em todos os capítulos do jogo. Pecou, apenas, no lance do golo de Bendtner, que mantém o jogo em aberto para o segundo tempo.

45+2' Cruzamento perigosíssimo de Nani, ao qual Moutinho não chegou por pouco. Portugal fecha bem a primeira parte.

44' Portugal à beira do terceiro! Cruzamento de Nani, Postiga falhou o cabeceamento por milímetros e Kjaer desarmou Ronaldo a um metro do golo!

43' Paulo Bento pede "calma" aos seus jogadores. É essencial manter esta vantagem até ao intervalo.

41' GOLO DA DINAMARCA! BENDTNER! Quatro jogos, cinco golos contra Portugal. A defesa portuguesa ficou literalmente a ver jogar e Bendtner, após assistência de Krohn-Dehli, só teve que encurtar a distância entre a bola e a linha de baliza. Tudo fácil.

38' Remate de Eriksen, na resposta da Dinamarca, para Rui Patrício fazer a primeira defesa do jogo.

36' GOLO DE PORTUGAL! POSTIGA! Estão feitas as pazes com o golo! Assistência de Nani para a entrada da pequena área, onde apareceu Postiga a desviar para o fundo das redes. Portugal volta a abrir a porta dos "quartos".

35' Portugal tem o jogo completamente controlado e pode chegar ao segundo golo. Basta manter a atitude.

34' O pontapé livre de Ronaldo bateu na barreira e saiu para canto.

33' Excelente lance individual de Ronaldo, que galgou 35 metros com a bola antes de conquistar uma falta à entrada da grande área, bem ao seu jeito...

31' Grande arrancada de Cristiano Ronaldo, que passou por dois jogadores da Dinamarca, mas a assistência para Postiga saiu com muita força. Lance altruísta do CR7, que até poderia ter ido para a baliza.

28' Cartão amarelo para Raul Meireles, por cortar a bola com a mão quando Bendtner seguiria isolado para a baliza.

27' Boa ocasião para Hélder Postiga, mas o cabeceamento saiu demasiado fraco e à figura do guarda-redes.

24' GOLO DE PORTUGAL! PEPE! Pontapé de canto batido por João Moutinho, Pepe antecipou-se à marcação no primeiro poste e desviou de cabeça para o fundo das redes. Portugal chega ao golo quando atravessava a melhor fase na partida.

21' Pontapé livre de Cristiano Ronaldo, para a bancada. Um golo seria uma boa forme de comemorar mais um recorde para o extremo português: é o jogador mais jovem de sempre a fazer 11 jogos em fases finais de Europeu, superando... Nuno Gomes.

19' Pepe sai do campo para receber assistência médica, após lance dividido com Bendtner.

18' Ronaldo não acerta no alvo! Depois de ter fintado um adversário em habilidade, CR7 assistiu Meireles, que atirou contra um defesa dinamarquês; a bola sobrou para Ronaldo, que tinha tudo para 'fuzilar' a baliza adversária mas 'pegou' mal na bola.

16' Substituição na Dinamarca. Saiu Zimling e entrou Jakob Poulsen.

15' Vai haver substituição na Dinamarca. Zimling caiu no relvado e ficou a pedir substituição. Pelos vistos, havia uma razão para Olson ter jogadores a aquecer desde o primeiro minuto.

13' Andersen nega o golo a Veloso! O médio português fez um cruzamento/remate que seguiu para a baliza, mas o guardião dinamarquês afastou a bola com os punhos.

12' A Dinamarca está a fazer uma marcação mais forte a Ronaldo em relação à seleção da Alemanha.

10' Muitas dificuldades para Portugal chegar à baliza adversária em ataque organizado. Todos os passes longos estão a sair errados.

8' A seleção dinamarquesa é muito rápida a recuperar o equilíbrio defensivo, algo que não oferece grandes alternativas de contra-ataque a Portugal, a não ser que Nani e Ronaldo sejam mais rápidos.

7' Os nórdicos sobem a linha de pressão no meio campo e estão a aproximar-se da baliza portuguesa. E vão quatro pontapés de canto.

4' A Dinamarca conquistou três pontapés de canto quase consecutivos e o último só não resultou num lance muito perigoso porque Pepe desarmou Rommedhal.

2' A seleção portuguesa entra mais pressionante na partida, enquanto os nórdicos estão, para já, na expetativa.

1' Portugal mantém o esquema tático habitual, com Miguel Veloso a ocupar o vértice mais recuado do meio-campo. Meireles e Moutinho partilham a linha intermédia.

1' O jogo ainda agora começou e Morten Olson já colocou dois jogadores a aquecer.

- INÍCIO DO JOGO! Bola para a Dinamarca.

- As duas seleções já estão no relvado, lideradas pelos capitães Cristiano Ronaldo e Agger. O árbitro é o escocês Craig Thomson.

DINAMARCA: Anderson; Jacobsen, Kjaer, Agger, Poulsen; Zimling, Kvist; Rommedahl, Eriksen, Krohn-Dehli; Bendtner.

PORTUGAL: Rui Patrício; João Pereira, Pepe, Bruno Alves, Fábio Coentrão; Miguel Veloso, Raul Meireles, João Moutinho; Nani, Cristiano Ronaldo, Hélder Postiga.

Depois de uma derrota que até poderia ser entendida como "normal", tendo em conta o estatuto do adversário (Alemanha), Portugal defronta esta quarta-feira a Dinamarca, no jogo inaugural da segunda jornada do grupo B do Euro 2012, e está "obrigado" a vencer os nórdicos, de modo a manter de pé as possibilidades de se apurar para os "quartos", algo que nunca falhou em Europeus.

Portugal terá que correr em dose dupla atrás do prejuízo, até porque a Dinamarca já derrotou a Holanda, que já sabe que terá de ir a um 'mata-mata' com Portugal na última jornada. Mas as condições em Lviv prometem ser adversas, uma vez que as previsões meteorológicas apontam para chuva, vento forte e trovoada durante a partida.

A seleção portuguesa, desta vez, jogará com o equipamento alternativo (branco) e contará com o apoio de cinco mil portugueses no Arena de Lviv. A comitiva nacional chegou ao estádio pouco depois das 15.15 e iniciará a partida frente à Dinamarca a partir das 17.00, com os mesmos onze jogadores que foram titulares diante da Alemanha.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG