Meireles recusa comentar aposta de Platini para "não alimentar polémicas"

O médio português Raul Meireles escusou-se hoje a comentar as declarações do presidente da UEFA, Michel Platini, que apostou numa final entre a Espanha e a Alemanha no Euro2012 em futebol, para "não alimentar polémicas".

"É a opinião dele e aquilo que posso dizer é que respeito, e nada mais", começou por dizer Raul Meireles.

Novamente questionado sobre o tema, o número 16 da equipa das "quinas" recusou-se a desenvolver: "não vou estar aqui a alimentar polémicas".

"Não vou dizer qual a minha aposta, estou para jogar, não para apostar", respondeu quando lhe perguntaram sobre quem são os seus favoritos para estar na final.

O presidente da UEFA, Michel Platini, apostou segunda-feira numa final entre a Espanha e a Alemanha no Euro2012 em futebol, confissão admitida numa conferência de imprensa, em Varsóvia, de balanço aos primeiros dez dias dos torneio.

Embora tenha reconhecido que ainda não teve oportunidade de acompanhar um jogo da Alemanha, Platini apostou numa final entre os germânicos, vencedores do Grupo B, de onde também se apurou Portugal, e a Espanha, campeã mundial e europeia.

"A Espanha tem um estilo, um sistema, em que o cansaço não é problema. Eles fazem correr a bola e é a bola que fica cansada", ironizou o presidente da UEFA.

Para Platini, a eliminação da vice-campeã mundial, a Holanda, afastada dos quartos de final com três derrotas no Grupo B, a última delas frente a Portugal (2-1), "é o exemplo que o Europeu é mais difícil que o Mundial".

"Fiquei dececionado com a Holanda. A eliminação da Rússia também foi uma surpresa negativa", avaliou Platini.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG