Inês Simões quer ir à Polónia ver marido arbitrar

A atriz está a torcer pela seleção nacional mas confessa que gostava de ver Duarte Gomes a apitar um dos jogos das fases finais da competição: "O meu coração vai torcer por ele".

Depois de se despedir do marido no aeroporto da Portela, em Lisboa, a atriz Inês Simões confessa estar feliz por Duarte Gomes fazer parte da equipa de arbitragem portuguesa que vai estar na competição. "Estou super orgulhosa, não só pelo Duarte, mas também pelos restantes elementos da equipa".

Segundo as regras das competições europeias, os árbitros não podem apitar jogos da equipa da sua nacionalidade nem, na fase de grupos, das equipas adversárias. "Na hora 'h', o meu coração vai estar a torcer por ele", confessa a mulher de Duarte Gomes, que revela que, caso o marido apite um jogo dos quartos-de-final, vai viajar até à Polónia.

O casal, que tem uma filha, Beatriz, de dois anos, vai matar as saudades através da Internet. "Já tenho o Skype instalado para ele poder ver a nossa filha. Ela vai sentir muitas saudades, porque já pergunta por ele", explica Inês Simões.

Apesar de querer ver o coletivo de Paulo Bento avançar na competição, Inês Simões admite que esta é uma oportunidade importante para a equipa de arbitragem portuguesa. "A seleção já participou em muitas competições deste género e nem sempre se saiu bem. Esta é a primeira vez que eles [árbitros] vão".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG