Federação revoltada com a escolha de árbitro turco

Dois dos árbitros que apitaram os jogos da seleção espanhola foram mandados para casa. Espanhóis e turcos "mandam" na arbitragem da UEFA e até a imprensa madrilena "percebe" a indignação.

A escolha do árbitro turco Cünyet Çakir para o jogo entre Portugal e Espanha, nas meias-finais do Euro 2012, surtiu um efeito de "indignação" e "revolta" nos dirigentes da Federação Portuguesa de Futebol, de acordo com várias publicações desportivas na Península Ibérica nesta terça-feira.

Em causa, dizem "A Bola" e o "Record", está o facto de o Comité de Arbitragem da UEFA ser presidido pelo presidente da Real Federação Espanhola de Futebol, Angel Villar, e de ter como vice-presidente o turco Senes Erzik. Numa meia-final frente a espanhóis e arbitrada por um turco, a desconfiança só poderia imperar.

As arbitragens nos jogos da seleção espanhola neste Euro 2012 têm sido tudo menos imaculadas, tanto que dois dos árbitros - o húngaro Viktor Kassai e o alemão Wolfgand Stark - que apitaram a roja já foram mandados para casa. Um critério, no mínimo, discutível, sobretudo quando Çakir, que esteve no Itália-Irlanda, fez uma das piores arbitragens neste Europeu. Não só não foi dispensado como vai à meia-final...

Curiosamente, durante o Croácia-Espanha, ficaram duas grandes penalidades por marcar a favor dos croatas, sendo que uma delas, não assinalada a cinco minutos dos 90, poderia deixar a Espanha fora do Euro 2012, caso fosse convertida em golo. Entre outras "coincidências", a projeção de Platini - final entre Espanha e Alemanha - só é possível porque também ficou por assinalar um penálti favorável à Dinamarca no jogo frente aos alemães, que caso desse em golo afastaria a Alemanha dos "quartos".

O AS também destaca a polémica nomeação, recordando que Çakir "não tem boa fama no seu país, onde é acusado de querer ser demasiado protagonista e de ter o gatilho fácil na hora de mostrar cartões". Em Madrid, recordam ainda que a relação entre Platini e Portugal não é boa e que Portugal perdeu com a Espanha no Mundial 2010 devido a um golo em... fora-de-jogo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG