Campeões recebidos pela família real antes da festa

A seleção espanhola, que se sagrou este domingo bicampeã da Europa, foi recebida esta tarde pela família real espanhola poucas horas depois de aterrar em Madrid. Depois disso, seguiu-se um cortejo pelas ruas de Madrid, que culminou com uma grande festa na Praça de Cibeles

As infantas Sofia e Leonor, que vestiam uma camisola da seleção espanhola, fartaram-se de espreitar para o interior da taça ganha pela equipa espanhola, após a vitória por 4-0 contra a seleção italiana. E encontraram uma espécie de tesouro no interior: os papéis brilhantes usados na comemoração da véspera, em pleno estádio, em Kiev.

O rei Juan Carlos e o príncipe Felipe colocaram gravata vermelha, enquanto a princesa Letizia e a infanta Elena usaram vestido e casaco, respetivamente, com as cores da La Roja.

"Se são bons individualmente, também o são como equipa", afirmou Juan Carlos, que saudou os jogadores um a um e deu um forte abraço a Vicente del Bosque. "Deram uma grande alegria a Espanha e quero felicitar-vos. É o sentimento de todos os espanhóis", disse ainda o rei, que começou o discurso a afirmar ser difícil dirigir-se a uns tricampeões.

O capitão da seleção espanhola, o guarda-redes Iker Casillas, entregou a Juan Carlos uma camisola assinada por todos os jogadores. Depois a comitiva seguiu num autocarro descapotável pelas ruas de Madrid, inundadas de gente, até à Praça de Cibeles, onde estava montado um palco gigante. Aí os jogadores bicampeões europeus foram homenageados perante cerca de um milhão de pessoas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG