Rui Patrício e Joana Pereira enterram machado de guerra

O guarda-redes da seleção e a ainda mulher já estão a divorciar-se e, de acordo com Joana Pereira, o processo "está a ser pacífico". Termina uma polémica que teve acusações de traição de parte a parte.

"O processo de divórcio está a ser pacífico". Em declarações à revista Nova Gente, Joana Pereira, que esteve casada com o Rui Patrício durante apenas seis meses, garante que fez as pazes com o ex-marido.

O casal já chegou a acordo em relação à divisão dos bens, nomeadamente uma morada em Alcochete, Montijo, que era um dos pontos da discórdia. "Nem gosto de moradias. Tenho pavor a bichos. Fiquei com o que acordámos", explica Joana àquela publicação semanal, afiançando ainda que as desavenças pertencem ao passado: "ficámos amigos".

A turbulenta separação ficou marcada por acusações vindas quer de parte de Joana Pereira e da sua família, quer dos familiares do guarda-redes do Sporting. A ex-mulher do jogador teria, alegadamente, cometido adultério com o seu personal trainer, episódio que fez questão de desmentir.

Também Rui Patrício terá tido um relacionamento extraconjugal com a apresentadora Liliana Aguiar. Motivo, aliás, inicialmente apontado para o final do casamento com Joana Pereira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG