A colina dos interesses

No início do verão de 2013 o executivo da Câmara Municipal de Lisboa (CML) estava numa corrida contra o tempo.

Objetivo: aprovar os pedidos de informação prévia referente aos loteamentos dos hospitais São José, Santa Marta, Capuchos e Miguel Bombarda. Não havia tempo a perder. Os 16 ha da intervenção, 700 fogos e 90 mil m2 de construção nova não podiam esperar. A Estamo tinha adquirido estes hospitais por 111 milhões de euros e queria agora, com o apadrinhamento da CML, multiplicar este valor numa operação urbanística especulativa.

O Bloco de Esquerda opôs-se a este processo desde a primeira hora. Definimos como prioridade defender a colina de Santana dos apetites imobiliários. Muitas vozes se juntaram em protesto contra esta intenção da CML e milhares de assinaturas foram recolhidas em poucos dias para parar o que parecia imparável. Perante o avolumar das críticas e na proximidade de eleições autárquicas António Costa e Manuel Salgado optaram por suspender a decisão.

Avançar com um loteamento que implica o encerramento de hospitais para os quais não existe, nem existirá nos próximos anos, alternativa, é um erro. Insistir na construção nova numa zona da cidade onde mais de 50% do edificado precisa de obras urgentes de reabilitação, é um erro. Alienar património cultural e arquitectónico único para usufruto privado, é um erro.

A colina de Santana, e todo este património, merece uma discussão aberta e participada. Impõe-se um levantamento arquitectónico rigoroso e um estudo detalhado sobre as necessidades e respostas hospitalares em Lisboa.

O Bloco apresentou várias propostas para esta zona. A criação de um Museu Nacional da História da Medicina e um polo de animação artística e cultural a partir da arte outsider foi uma delas. Outra a instalação de unidades de saúde na área dos cuidados primários e continuados.

Substituir a especulação imobiliária por reabilitação e equipamentos que sirvam a população é o mote para reiniciar este processo.

* Deputado municipal do Bloco de Esquerda

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG