Guitarrista Carlos Santana actua em Lisboa

O guitarrista mexicano Carlos Santana actua hoje (dia 25) no Pavilhão Atlântico, em Lisboa, num espectáculo em que passará em revista os seus êxitos, nomeadamente "Smooth".

Intitulado "Supernatural Santana - A Trip Through the Hits", do alinhamento do espetáculo deverão constar temas como "Jingo", "Black magic woman", "Gypsy Queen", "Oye como va", "Corazón espinado" ou "Soul sacrifice".

Santana será acompanhado em palco por uma banda constituída por dez músicos, entre eles, Raul Rekow (percussão), Dennis Chambers (bateria) e Tommy Anthony (guitarras).

"Supernatural" é o título do álbum lançado em 1999 e que contou com as participações de Rob Thomas, Eric Clapton e Lauryn Hill, valendo-se nove Prémios Grammy em 2000, igualando o recorde histórico de Michael Jackson.

Esta será a quarta vez que Santana actua em Portugal, datando a sua estreia de julho de 1991, no antigo Estádio José de Alvalade. Regressou em 2002, também no pavilhão Atlântico e em 2006 no Rock in Rio 2006.

Santana editou cerca de 30 álbuns, tendo vendido cem milhões de unidades em todo o mundo.

Carlos Santana, 62 anos, tornou-se conhecido internacionalmente em finais da década de 1960 com a sua banda Santana, sendo hoje considerado um dos virtuosos da guitarra eléctrica.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Daniel Deusdado

Começar pelas portagens no centro nas cidades

É fácil falar a favor dos "pobres", difícil é mudar os nossos hábitos. Os cidadãos das grandes cidades têm na mão ferramentas simples para mudar este sistema, mas não as usam. Vejamos a seguinte conta: cada euro que um português coloca num transporte público vale por dois. Esse euro diminui o astronómico défice das empresas de transporte público. Esse mesmo euro fica em Portugal e não vai direto para a Arábia Saudita, Rússia ou outro produtor de petróleo - quase todos eles cleptodemocracias.