DN Ócio

sucesso

Criam pranchas de surf com milhares de beatas

The Cigarret Surfboard é um projeto de dois americanos que viajam à procura de soluções para o lixo nos oceanos, organizam campanhas de sensibilização, criam pranchas com milhares de beatas e desafiam surfistas a experimentá-las. Jack Johnson foi a mais recente estrela mundial a querer fazer parte do movimento. Nuno Mota Gomes Taylor Lane é designer industrial, Ben Judkins é o camera man. Os dois estão a criar um filme de surf que alerte para os problemas ambientais por cada beata que é atirada para o chão ou que acabe nos oceanos e de que forma se pode mudar a [...]

doçaria

Estes são os segredos das 7 Maravilhas Doces de Portugal

De que são feitos os melhores dos doces portugueses? O crítico de comida Fernando Melo explica a sabedoria ancestral que está por detrás das 7 Maravilhas Doces eleitas. E que outras deviam ganhar. Fernando Melo A doçaria única que temos corporiza a um tempo o empirismo sublime do trabalho do açúcar, o legado laico dos conventos, e o sentimento impoluto de pertença por parte dos lugares mais recônditos do país. Claro que estamos em festa pelo elenco definitivo das sete recém-eleitas maravilhas doces de Portugal: a Crista de Galo, de Vila Real, a Amêndoa Coberta de Moncorvo e o Mel [...]

Destinos

Sábados de setembro com concertos gratuitos em Gaia

Em setembro, Largo Miguel Bombarda, em Gaia, será palco de concertos gratuitos no Sandeman Stage, aos sábados ao final da tarde. Os concertos, que se realizam em volta à esplanada do The George Restaurant & Terrace, arrancam no dia 7 de setembro, com o músico brasileiro Leo Middea. O músico apresentará o trabalho "A Dança do Mundo", que combina experiências e aprendizagens adquiridas em viagens por diversos países, em sonoridades que vão do estilo carimbó ao rock. No dia 14 é a vez dos Cordel, novo projeto dos cantautores portugueses Edu Mundo e João Pires, que navega num mar de [...]

estilo

Os melhores sacos para as escapadelas de fim de semana

As férias estão a terminar, para a maioria dos portugueses, mas o verão continua, pelo menos mais uns dias. É altura de aproveitar os fins de semana para fazer uma escapadela para a praia, para o campo ou mesmo para descobrir uma cidade nova. Encontrar um saco onde tudo caiba não é tarefa fácil. Fomos à procura dos melhores sacos oversize que se pudessem adaptar as todos os estilos, ocasiões e "carteiras".Percorra a galeria e veja as nossas sugestões desde os sacos práticos, clássicos, vintage, desportivos ou personalizáveis. Escolhas por Rute Cruz

Artes

É aqui que se guardam alguns dos maiores tesouros da arquitetura

Inaugurada em 2017, a Casa da Arquitectura tem a dupla função de preservar e mostrar a obra dos arquitetos (que não se esgota no edificado). Uma delicada memória de milhares de desenhos, maquetes e fotografias que recentemente ganhou um importante inquilino: quarenta anos de desenhos de Eduardo Souto Moura. Reportagem de Marina Almeida Fotografias de Igor Martins/Global Imagens Quando se entra na receção da Casa da Arquitectura, em Matosinhos, há um enorme vidro que é um miradouro para o arquivo, aquilo que supostamente não se vê. Ali veem-se maquetes, algumas facilmente reconhecíveis, como a Casa das Histórias Paula Rego, ou [...]

Artes

90 anos de arquitetura brasileira para ver em Matosinhos até setembro

Ainda tem um mês para ir até à Casa da Arquitetura, em Matosinhos, conhecer 90 anos da arquitetura brasileira. Mais do que história, a exposição Infinito Vão é o resultado de um hercúleo trabalho de pesquisa, acervo e arquivo que se mostra, ao som de Chico, Caetano, Jobim ou Gilberto Gil, que inspirou o nome da mostra, numa canção de desamor. Texto de Marina Almeida Não há catálogo que substitua uma visita à Casa da Arquitectura (assim mesmo, com c, sem acordo ortográfico). Catálogo não canta debaixo dos infinitos vãos, esses marcos da visita à exposição que relata a história [...]

sucesso

Azeite: o trunfo mais discreto de Portugal

Somos o sexto maior produtor mundial de azeite, facto pouco ou nada conhecido entre os portugueses, mas a nossa relação com o produto está muito longe do esclarecimento. Está mais do que na hora de começar a olhar para o azeite como ativo, bandeira e aposta, escreve o crítico de comida Fernando Melo*. Quando isso acontecer, seremos os senhores incontestáveis do Mediterrâneo. Quando o autor grego Arquéstrato escreveu o seu extenso e exaustivo poema culinário, cerca de 400 a.C., já o azeite era utilizado há pelo menos dois mil anos como alimento, base de cozinha, tempero, bálsamo ou combustível. A [...]