Vieira da Silva liga aumento do salário mínimo a "forte" criação de emprego

Percentagem de trabalhadores a receber salário mínimo estabilizou nos 22,9%.

O ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social referiu hoje, em Lisboa, que a evolução do salário mínimo tem sido acompanhada por uma "forte criação" de emprego e frisou que os restantes escalões remuneratórios também evoluíram positivamente.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG