Três detalhes são suficientes para aceder a contas bancárias

Quase metade dos jovens britânicos partilha dados nas redes sociais que podem ser usados para "roubar" a identidade e aceder a contas bancárias.

Os burlões só precisam de três detalhes de informação sobre uma pessoa para "roubar" a sua identidade e aceder às suas contas bancárias, cartões de créditos ou telemóveis.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Exclusivos

Premium

Contratos públicos

Empresa que contratava médicos para prisões não pagou e sumiu

O Estado adjudicou à Corevalue Healthcare Solutions, Lda. o recrutamento de médicos, enfermeiros, psicólogos e auxiliares para as prisões. A empresa recrutou, não pagou e está incontactável. Em Lisboa há mais de 30 profissionais nesta situação e 40 mil euros por pagar. A Direção dos Serviços Prisionais diz nada poder fazer.